A criolipólise no Brasil

1
Estética no Brasil · Cornélio Procópio, PR
17/10/2013 · 0 · 0
 

Esse artigo é destinado às pessoas que lutam para ficar com o corpo em forma. Eis uma novidade no ar, a criolipólise.
A criolipólise (chamada de coolsculpting nos Estados Unidos) teve seus primeiros testes em humanos em 2009 e passou a ser liberada no Brasil em 2012. A técnica consiste no resfriamento da gordura localizada, que causa a morte dos adipócitos e sua consequente eliminação pelo organismo, com uma única sessão. A grande vantagem está no fato de que, através de um procedimento não invasivo, é possível acabar com até 30% da gordura presente na região tratada, o que representa um montante significativo.
É importante deixar bem claro para qual tipo de gordura este tratamento é eficaz. Primeiramente, ressalta-se que este não é um método de emagrecimento, isto é, não promove a perda de gordura no corpo todo, mas apenas no local específico tratado: consiste em uma técnica de abrangência local. Disso já podemos concluir que esse método não é um tratamento ideal para pessoas obesas. Este tratamento é feito com uma máquina de resfriamento que possui um tubo em cuja ponta é encaixada uma ponteira removível, que pode ser de diferentes dimensões, de acordo com a área a ser tratada. A ponteira é acomodada na região da preferência do paciente (barriga, por exemplo) e, ao ser acionada, promove um vácuo que suga a área, que se modela conforme a ponteira. A partir de então, inicia-se o resfriamento, de modo a "congelar" a gordura localizada. Disso podemos aferir que a região escolhida deve ser flexível, de modo que possa ser adequadamente sugada pela máquina. Logo, pessoas com gordura visceral não poderão realizar este tratamento, devido à impossibilidade de sucção da referida gordura, conforme explica este artigo sobre quem pode fazer: http://criolipolisefunciona.blogspot.com/2013/10/criolipolise-contra-indicacoes.html.
Em verdade, o coolsculpting é ideal para aquelas pessoas que possuem um peso adequado para sua altura, mas que se incomodam com algumas áreas do corpo que apresentam excesso de gordura, como flancos, parte externa das coxas, abdome, papada, braços, etc. Homens podem realizar este tratamento para reduzir a camada de gordura das mamas, no caso de lipomastia.
Por fim, há algumas contraindicações que merecem destaque: pessoas que apresentam sensibilidade ao frio, como urticária; portadores de diabete; pacientes que apresentam lesões cutâneas ou hérnia; e aqueles que possuem a pele extremamente flácida - uma vez que a perda de células de gordura poderá agravar esta situação, devido ao espaço vazio por elas deixado. Caso você não esteja na zona de contraindicação e deseje realizar esta técnica, não se preocupe: a criolipólise feita com máquina registrada na ANVISA e por profissionais competentes não causa queimaduras na derme, nem outros danos à saúde. A explicação para isso é a seguinte: os adipócitos são extremamente sensíveis ao frio, como nenhuma outra espécie de célula. Logo, utiliza-se uma temperatura baixa o suficiente para estimular a morte dos adipócitos, mas alta o suficiente para não causar qualquer lesão na pele, que é mais resistente do que a gordura. Mais detalhes sobre este tratamento que vem fazendo sucesso nas clínicas brasileiras podem ser visualizados neste site que trata especificamente sobre como a criolipólise funciona.

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados