Está dada a largada para o Animando a Rua Larga

Divulgação
Projeto busca revitalizar a região do Centro do Rio com eventos culturais
1
P. Paralelo · Rio de Janeiro, RJ
6/4/2011 · 0 · 0
 

Uma das avenidas mais movimentadas do centro do Rio de Janeiro, a Marechal Floriano, antiga Rua Larga, guarda uma riqueza histórica e cultural pouco conhecida e explorada por cariocas e turistas, mas que ganhará mais visibilidade a partir de abril com o projeto Animando a Rua Larga. Trata-se de uma série de ações que reúne empresários, comerciantes e moradores locais com vistas à implantação de programas e eventos criados para divulgar esta região tão pouco explorada atualmente. O projeto conta com patrocínio da Light através do seu Instituto e da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, realização da Folha da Rua Larga e do Instituto Cultural Cidade Viva e apoio do Polo Empresarial Nova Rua Larga.

Uma minuciosa pesquisa histórica e iconográfica foi realizada para servir de base para todas as atividades planejadas. Dia 8 de abril terá início um calendário de apresentações de dança e música no Beco das Sardinhas, que acontecerá às sextas-feiras. A partir do dia 16 de abril, terá início, aos sábados, o Roteiro Observador Atento, que inclui as oficinas de história e as visitas guiadas pela Rua Larga e pelo Morro da Conceição. As oficinas serão realizadas antes das visitas, como uma introdução sobre a história do percurso por estes pontos turísticos. O programa inclui ainda uma Exposição Itinerante por estações de trem, metrô, e no Beco das Sardinhas. Em maio, entram em cena Projeções Temáticas na fachada da Igreja de Santa Rita. Toda a programação será gratuita e aberta ao público. Veja abaixo mais detalhes sobre este calendário turístico cultural:

Choro e Dança: O tradicional Beco das Sardinhas, na Rua Miguel Couto, será palco para apresentações coreografadas pela Companhia de Dança do Centro Cultural Carioca e shows do grupo Choro na Feira, sempre às sextas-feiras. As apresentações estão marcadas para os dias 8, 15 e 29 de abril e 6 de maio, das 18h às 21h.
Com direção artística de Isnard Manso, o evento contará também com professores que convidarão o público para dançar. A escolha do Beco das Sardinhas para abrigar o evento é bastante emblemática, uma vez que o local é um dos mais famosos da região por conta dos bares que vendem sardinhas fritas desde a década de 60. Localizado entre e Largo de Santa Rita e a Rua do Acre, o Beco é fechado ao tráfego, conta com calçamento de pedras portuguesas e postes do Rio Antigo.

Oficinas de História e Visitas Guiadas: as oficinas de história e as visitas guiadas serão realizadas em 9 edições, sempre aos sábados, nos dias 16 e 30 de abril, 7, 21 e 28 de maio, 4, 11, 18 de junho e 2 de julho. Os grupos se encontrarão às 9h no Centro Cultural Light, onde participarão de oficinas de história preparatórias para o passeio. Os visitantes percorrerão em dois jipes da empresa Jeep Tour, com capacidade para dez pessoas cada, os principais pontos da Rua Larga e do Morro da Conceição. Na Rua Larga, eles passarão pelo Centro Cultural Light, o Itamaraty, o Beco das Sardinhas e o Colégio Pedro II. Já no Morro da Conceição, parte da visita será feita a pé pelo casario colonial, a Pedra do Sal, a Igreja e o Largo de São Francisco da Prainha, os bares e os bens tombados.

Exposição itinerante: berço e palco de acontecimentos marcantes no processo de colonização e urbanização da capital carioca, a região da Rua Larga conta com um entorno de ruas estreitas e inúmeras fachadas antigas que remetem desde ao comércio de negros escravos no Valongo, no século XVIII, até importantes momentos da história política e econômica do Rio, nos séculos XIX e XX. Essa história da Rua Larga e seus arredores será contada através de 18 painéis com foto e texto que serão instalados em locais diferentes da região como a Estação Presidente Vargas do Metrô, a SuperVia e o Beco das Sardinhas.


Projeção temática:
A Igreja de Santa Rita, localizada no Beco das Sardinhas, vai ganhar um toque multimídia nos dias 26 e 27 de maio, a partir das 18h30. Na ocasião, a fachada da Igreja servirá de base para projeções sincronizadas de alta definição resultando em um verdadeiro espetáculo de luz, som e movimento. A data foi escolhida em comemoração ao dia de Santa Rita, celebrado em 22 de maio.

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados