HEITOR VILLA-LOBOS (por Larissa Ferreira Lúcio)

http://1.bp.blogspot.com/_AGulc-LQagI/SwKZRcjnvSI/AAAAAAAACbo/2SVqI5rUQhA/s1600/
Heitor Villa-Lobos
1
tarokid · Machado, MG
22/3/2011 · 0 · 0
 

O mês de março é lembrado por muitas datas importantes. É o mês em que nossa Constituição foi definida, mês do Dia Internacional da Mulher, da poesia, da escola, e também, é o mês de nascimento de um dos nossos maiores compositores: HEITOR VILLA-LOBOS.

Villa-Lobos nasceu em 5 de março de 1887 no Rio de Janeiro. Filho de músico, Raul Villa-Lobos, ensinou ao filho, desde os 6 anos de idade, a tocar clarinete e violoncelo, além de ensiná-lo a teoria musical.

A mãe, Nôemia Umbelina Santos Monteiro, desejava que Heitor fosse médico, mas a paixão pela música foi mais forte. Quase todas as noites, a Rua Riachuelo mergulhava no belo som do violoncelo do nosso músico, que não se limitava somente ao solo, e convidava amigos para um verdadeiro concerto erudito em sua casa.

Suas influencias foram: as músicas regionalistas; moda caipira e o compositor John Sebastian Bach, o qual o fascinava! Porém, foi a música popular que o levou a aperfeiçoar-se no violão, saxofone e no clarinete.

Por volta de 1915, apresentou-se pela primeira vez, publicamente, uma série de concertos que foi severamente criticado pela “modernidade musical“ de suas obras.

Três anos mais tarde, a obra PROLE DO BEBE, elevou seu nome além das fronteiras brasileiras. Participou da Semana de Arte Moderna em 1922 que acabou por consolidar o seu nome. Após uma turnê pela Europa compôs os Choros.

Apresentou-se em concertos em São Paulo, compôs as “Bachianas Brasileiras” e propôs um programa educacional ao governo. Em 1932 é nomeado para dirigir a Superintendência da Educação Musical e Artística.

A personalidade da obra de Villa-Lobos é consequencia de seu esforço e sua odisséia pelo Brasil e pelo estrangeiro, além da experiência advinda de tocar em pequenas orquestras e de se exibir tocando diversos instrumentos.

Suas obras enaltecem o espírito nacionalista, pois incorpora elementos das canções folclóricas, populares e indígenas, tornando-se o principal responsável pelo que dizemos de uma linguagem peculiarmente brasileira em música.

Villa-Lobos é considerado um gênio tanto pela riqueza prodigiosa de sua inspiração, como ao formidável talento musical, enfim, tudo que havia de contraditório em suas reações. Caracterizou a música brasileira tão selvagem e estranha para muitos em um formato europeu.

Como poucos músicos, Villa-Lobos conheceu a glória em vida e sob ela faleceu em 17 de novembro de 1959 em sua cidade natal.

Larissa Ferreira Lúcio
Licenciada em História
Cesep-Machado
larissabrufl@hotmail.com
admissao@psa.ind.br

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados